Turbo Comerciais 35 disponível para consulta online

Texto: Carlos Moura
Data: 7 Maio, 2020

A edição de outubro de 2019 da Turbo Comerciais já pode ser consultada online. Motivos de interesse não faltam…

Já disponível no nosso site encontra-se a edição nº 35 da Turbo Comerciais, editada em outubro de 2019. Entre as novidades destaque para a apresentação da Volkswagen Transporter 6.1, a “nova” Nissan Navara, o Jeep Gladiator ou o Mercedes-Benz EQV.
Nesta edição tivemos oportunidade de fazer um teste à versão elétrica do MAN TGE, que foi realizado em Madrid e num percurso que incluiu uma passagem junto ao centro de treinos do Real Madrid. O MAN eTGE está disponível na versão de chassis médio e teto alto (L3H3) e o seu compartimento de carga oferece um volume útil de 10,7 m3, valor semelhante ao modelo equivalente com motor de combustão. Equipado com uma bateria de 35,8 kWh de capacidade, motor elétrico de 100 kW, o MAN TGE E L3H3 proporciona uma autonomia de aproximadamente 114 quilómetros no novo ciclo WLTP, valor suficiente para muitas operações de distribuição urbana.
No capítulo dos comerciais ligeiros, esta edição oferece dois ensaios a modelos da Mercedes-Benz: Sprinter Tourer 316 CDI/37 e X350D 4Matic. Este terá sido o derradeiro teste à pick-up da marca alemã, uma vez que a sua produção foi terminou recentemente. O motivo não foi a falta de qualidade do produto ou das suas capacidades dinâmicas, mas o volume de vendas que ficou aquém das expetativas dos responsáveis da marca de Estugarda.
Nos pesados destaque para o ensaio ao Volvo FH 460 GNL com cabina Globetrotter XL, a proposta da marca sueca para o transporte de longo curso equipada com um motor alimentado por gás natural liquefeito. O nosso teste indica que as prestações são idênticas à versão do modelo modelo dotado com motor diesel de 460 cv.
Referência ainda para a primeira apresentação do Iveco S-Way ou dos novos motores diesel de nove e treze litros da Scania.
Nos autocarros damos conta da estreia da versão a célula de combustível (fuel-cell= do autocarro urbano da Solaris, que poderá percorrer até 350 quilómetros com cada abastecimento de hidrogénio.
Ainda no domínio da sustentabilidade nos transportes, João Filipe Jesus, diretor-geral da área de negócio de GNV do Grupo Dourogás, aponta, num artigo de opinião, o papel do gás natural veicular na transição energética no setor dos transportes.
Tudo isto e muito mais na Turbo Comerciais 35. Boas leituras

Partilhar