Nova geração do Peugeot Partner já chegou a Portugal

Texto: Carlos Moura
Data: 30 Novembro, 2018

Versões de chassis curto com motorizações diesel com 75 cv e 100 cv já estão disponíveis no mercado nacional. A gama é proposta em três níveis de equipamento, com preços entre 20.200 euros e 23.500 euros.

A Peugeot iniciou a comercialização da nova geração do Partner no mercado nacional. O pequeno furgão, produzido na fábrica de Mangualde, está disponível na configuração L1 (curta), em três níveis de equipamento – Pro, Premium e Asphalt – e duas motorizações diesel 1.6 BlueHDi, com 75 cv e 100 cv.

A versão de chassis curto do novo Partner apresenta um comprimento exterior de 4,40 metros e oferece um compartimento de carga com 1,81 metros, permitindo transportar duas europaletes. A carga útil situa-se entre os 600 e os 800 kg, enquanto o volume útil é de 3,3 m3. A área de carga conta, de série, com seis anéis de fixação (quatro adicionais, em opção, a meia altura,  uma tomada de 12v, estando disponível uma iluminação reforçada, composta por seis LED. A acessibilidade é assegurada por portas traseiras rebatíveis (60/40), garantindo uma abertura máxima (vidro de abertura opcional), e um girafon (alçapão superior, acima das portas traseiras) para transporte de objetos mais longos. As portas laterais deslizantes e mais superfícies vidradas surgem em opção.

A imagem exterior do novo Partner adota os mais recentes códigos de estilo da marca francesa, com destaque para a frente incisiva e moderna, que integra o leão ao centro de uma grelha que sublinha as óticas trabalhadas. As proporções são perfeitamente equilibradas, sendo resultado da conjugação de um capô curto e horizontal, uma linha de cintura elevada e projeções curtas. As suas formas biseladas, opostas simetricamente da frente para trás, moldam as laterais com um novo design neste tipo de silhueta. Na seção traseira, o para-choques angular reforça a zona inferior, garantindo uma ótima proteção no quotidiano. As portas de abertura oposta sublinham a robustez do veículo e melhorando a inviolabilidade do compartimento traseiro. 

O habitáculo do novo Partner possui um design e um conjunto de equipamentos projetados à imagem e semelhança dos automóveis de passageiros da marca francesa. Exemplo disso é o Peugeot i-Cockpit, que faz a sua estreia no comerciais ligeiros. Proposto de série, este sistema é uma importante ferramenta que permite incrementar a qualidade do desempenho dos profissionais no seu dia-a-dia. 

Adaptado às características do novo modelo, com uma ergonomia otimizada, o proporciona uma condução intuitiva, conjugando conforto e segurança, através de: um volante compacto de 2 braços (melhor aderência e maneabilidade e manobras mais rápidas e menos cansativas); um painel digital head-up display no campo de visão do condutor (leitura das informações essenciais sem tirar os olhos da estrada, para segurança e conforto); ecrã tátil capacitivo de 8” (de série ou em opção) ao centro do tablier e orientado para o condutor (acesso direto e permanente às principais funções de conforto: rádio, navegação, parâmetros do veículo, telefone, etc.).

O sistema Surround Rear Vision também é proposto no novo pequeno furgão da Peugeot, constituindo uma preciosa ajuda à condução, uma vez que reproduz a visualização na envolvente da viatura, facilitando a condução e as manobras. De série no nível Asphalt, e opcional nos restantes dois, recorre a duas câmaras – uma na base do retrovisor lateral do passageiro e outra no topo das portas traseiras – sendo as imagens apresentadas num ecrã de 5’’ posicionado no local do retrovisor interior, para reforçar a capacidade de resposta e a segurança. 

Outra novidade reside no indicador de excesso de carga (disponível em 2019), que permite maximizar a utilização do espaço de carga e do volume útil, alertando o utilizador para essa situação.

A lista de equipamentos tecnológicos pode ser comparada a alguns dos mais recentes ligeiros de passageiros da Peugeot, estando disponíveis, de série ou opção, dispositivos como o travão de estacionamento elétrico (maior facilidade de utilização e mais espaço a bordo ou adoção de um banco maior na versão de 3 lugares), cruise control adaptativo (controlo de velocidade programada e da distância ao veículo da frente), reconhecimento alargado de sinais de trânsito (reconhece o sinal de trânsito e deteta a velocidade máxima, adaptando-a ao cruise control), alerta ativo de transposição involuntária da faixa (corrige a trajetória em caso de desatenção do condutor), Alerta de atenção do condutor graças à vigilância por câmara (análise ao comportamento do condutor e dos movimentos do volante), Active Safety Brake (deteção do risco de colisão), controlo de estabilidade do atrelado (estabilizador do reboque), comutação automática das luzes (máximos e médios), câmara de marcha-atrás Visiopark 180° (reconstitui a envolvente da traseira a 180° com apresentação clássica, a 180° ou zoom, na aproximação imediata do obstáculo), vigilância do ângulo morto (aviso nos retrovisores exteriores) e acesso e arranque mãos-livres.

Dependendo das versões, o novo Partner poder ser equipado igualmente com o banco Multiflex modulável, permitindo diferentes configurações: três pessoas no banco da frente, permitindo o transporte das equipas e ferramentas e uma otimização das rotas (o lugar central é maior pela ausência da alavanca do travão de mão); adoção de um piso plano, com aumento do volume útil aos 400 litros e um comprimento que pode atingir os três metros na variante L1, permitindo o transporte de duas pessoas, graças ao banco de passageiro escamoteável; transporte de cargas altas sobre as costas do assento do banco lateral; função de escritório móvel com tablet escritório integrado no encosto rebatível do assento central, agora orientável para o passageiro e para o condutor.

Proposto em três níveis de equipamento – Pro, Premium e Asphalt – e duas motorizações diesel de 75 e 100 cv, os preços do novo Partner situam-se entre os 20.200 euros e os 23.500 euros. Todas as versões vêm equipadas com airbag do condutor, ESP (que inclui ABS, controlo de tração, assistência à travagem de emergência, controlo de estabilidade, assistência ao arranque em piso inclinado), fecho centralizado com comando, Peugeot i-Cockpit, com painel de instrumentos digital head up display configurável, ecrã tátil capacitivo de oito polegadas, volante compacto, regulável em altura e profundidade, rádio MP3.   

Partilhar