Coimbra vai comprar mais cinco autocarros elétricos à BYD

Texto: Carlos Moura
Data: 11 Maio, 2020

Autarquia de Coimbra vai investir 2,4 milhões de euros na aquisição de mais cinco autocarros elétricos da BYD para renovação da frota dos SMTUC.

O executivo da Câmara Municipal de Coimbra vai votar uma proposta de aquisição de cinco novos autocarros elétricos standard e respetivos carregadores à BYD Europe por 2,4 milhões de euros. De acordo com o Notícias de Coimbra, o investimento insere-se na estratégia da autarquia de renovação da frota dos SMTUC (Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra) com veículos com melhor desempenho ambiental, reduzindo, assim o impacto das emissões de gases com efeitos de estufa e outros poluentes atmosféricos.
Os primeiros autocarros elétricos de nova geração já estão em operação na “cidade dos estudantes” desde o passado dia 20 de junho. Nos primeiros seis meses, a nova frota de autocarros elétricos já percorreu cerca de 200 mil quilómetros e evitou a emissão de 250 toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera, permitindo gerar uma economia de cerca de 65 toneladas equivalentes de petróleo.

Nove miniautocarros elétricos

O Notícias de Coimbra adianta que a autarquia da cidade do Mondego anteriormente a Câmara Municipal de Coimbra também já adjudicou nove miniautocarros elétricos à empresa UIC – Unidade de Indústria Auto Mecânica do Centro por 2,83 milhões de euros. O contrato prevê o fornecimento de sete veículos de sete metros da marca Karsan (mais carregadores) e outros dois miniautocarros de seis metros do mesmo fabricante (mais carregadores).
Este investimento conta com a comparticipação de fundos comunitários, ao abrigo do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) para “Promoção da eficiência energética nos transportes coletivos de passageiros incumbidos de missões de serviço público”, que pretende incentivar o uso de veículos mais eficientes e que utilizem fontes de energia com melhor desempenho ambiental.
A nova frota de autocarros elétricos também será utilizada para cativar o serviço “Ecovia”, que tem o objetivo de retirar automóveis da cidade e melhorar o ambiente no centro da cidade.

Partilhar