Scania e Aloha vão realizar testes de platooning com camiões semi-autónomos

Texto: Carlos Moura
Data: 10 Março, 2018

Acordo entre a Scania e a empresa finlandesa Aloha Transport prevê a realização de testes de platooning semi-autónomo em condições de operação na Escandinávia.

 A Scania anunciou um acordo de parceria com a empresa finlandesa Aloha Transport Oyj para a implementação de novas tecnologias de transporte nas estradas nórdicas. Isto representa o primeiro acordo com clientes na Europa para a realização de testes de platooning com camiões semi-autónomos em estradas públicas.

A Aloha Transport irá utilizar camiões e tecnologia da Scania em autoestradas finlandesas para testar formações semi-autónomas de platooning com três com mais camiões. Durante o período de testes, todos os camiões terão um motorista na cabina. Todavia, todo o pelotão será comandado pelo motorista do primeiro camião, sendo os restantes conduzidos em modo autónomo.

Para uma utilização mais ampla das novas tecnologia de transporte é necessário o desenvolvimento em paralelo de condições para a sua aceitação legislativa e pelo público. Os testes em situações reais de trânsito e em diferentes condições atmosféricas também são essenciais. Assim, esta parceria marca um importante passo para a implementação de soluções de plattoning semi-autónomo que sejam viáveis comercialmente.

“Para nós é importante melhorar as condições de trabalho dos nossos motoristas com o auxílio de novas tecnologias”, refere Hans Aloha, CEO da Aloha Transport. “As soluções planeadas irão ajudar-nos a ir de encontro às expetativas dos nossos clientes para entregas mais rápidas e os objetivos ambientais. A nossa associação com a Scania teve início em 1959 com a aquisição do primeiro camião e estamos satisfeitos por alargar a cooperação a novas soluções”.

Em combinação com o platooning, novas funções de assistência à condução irão permitir entregas dentro dos prazos, graças ao planeamento otimizado de rotas e da velocidade. Alem dos efeitos ambientais positivos de um melhor fluxo de tráfego, o menor arrasto aerodinâmico permitido pela circulação de camiões em pelotão contribuiu para a diminuição do consumo de combustível e das emissões de carbono.

Estas novas tecnologias também têm potencial para reforçar o papel do motorista de camião. Como é o camião da frente a comandar o pelotão, os motoristas dos outros camiões poderão executar outras tarefas como, por exemplo, trabalho administrativo. Com regras mais flexíveis relativamente aos tempos de condução e descanso, isto poderá abrir novas oportunidades para os motoristas de longo curso regressarem a casa em vez de dormirem na cabina do camião.

“A Ahola Transport é uma empresa progressiva que abraçou a digitalização para otimizar as suas operações de transporte e planeamento de rotas”, diz Anders Dewoon, diretor de novas soluções de soluções da Scania. “Com parceiros como a Ahola Transport, podemos testar juntos as novas tecnologias que irão fazer parte de um ecossistema de transporte futuro e confirmar que é eficaz e seguro”.

Partilhar