MITSUBISHI L200 4WD CAB CLUB INTENSE STRAKAR

Texto: Carlos Moura / Fotografia: José Bispo
Data: 28 Maio, 2018

Dois anos após a introdução da quinta geração da L200, a Mitsubishi procedeu a uma primeira atualização da sua pick-up. A gama inclui uma versão de três lugares, com cabina longa e nível de equipamento Intense Strakar.

Após mais de quatro milhões de unidades vendidas em todo o mundo entre 1978 e 2015, a Mitsubishi lançou a quinta geração da sua pick-up L200, que, além de um design revisto, oferece novos níveis de conforto, equipamento, resistência, performance, emissões de dióxido de carbono e consumo de combustível.

A quinta geração da L200 abandonou as linhas arredondadas da série anterior, adotando um design mais musculado e dinâmico. As versões de cabina longa – Cabina Club – passaram a vir equipadas com porta traseira de abertura invertida para facilitar o acesso.

Em termos estruturais, a rigidez torsional do chassis aumentou sete por cento para proporcionar uma melhor estabilidade e qualidade de construção, ao que se juntou uma otimização do esquema da suspensão, que é independente com triângulos sobrepostos na dianteira, e de eixo rígido com molas semi-elípticas na traseira. As molas da suspensão foram reposicionadas e o seu comprimento aumentou.

Dois anos depois da introdução da quinta geração da L200, a Mitsubishi procedeu a uma primeira atualização na sua pick-up para manter a competitividade do seu produto num segmento de mercado onde a concorrência é cada vez mais numerosa. A nível de imagem exterior, as principais novidades consistem na nova grelha cromada escurecida e no novo estribo de acesso nas versões de cabina longa (Club Cab) e Dupla. O habitáculo também recebeu algumas alterações, designadamente o painel de instrumentos que apresenta um novo fundo preto, um novo volante multifunções e ligação Bluetooth e um retrovisor interior anti-encadeamento.

A gama L200 é proposta em duas versões de carroçaria, Cabina Dupla e Cabina Club (longa), com tração traseira (2WD) ou integral (4WD). Com o objetivo de tornar a sua pick-up mais competitiva em termos de preço de aquisição, a Mitsubishi disponibiliza variantes de três lugares, tendo removido o assento traseiro do lado esquerdo. Esta solução está disponível nas versões 2WD e 4WD, nos níveis de equipamento Invite e Intense Strakar. Na versão ensaiada, Cabine Club 4WD Intense Strakar, este recurso permite reduzir o preço de venda ao público, apenas pela via fiscal em relação a uma versão de quatro lugares, em mais de 7500 euros.

A versão Cabina Club carateriza-se por apresentar um comprimento exterior de 5,19 metros, uma largura de 1,78 metros, uma distância entre-eixos de três metros e uma altura ao solo de 20,5 centímetros. Estas dimensões exteriores generosas permitiram disponibilizar uma caixa de carga com um comprimento interno de 1,85 metros, uma largura de 47,5 centímetros e uma altura dos painéis de carga de 84,5 centímetros. O taipal traseiro rebate por completo, criando uma superfície plana, o que possibilita o carregamento da pick-up com recurso a um empilhador. A capacidade de carga útil é ligeiramente superior a uma tonelada. Como veículo com aptidões para fora de estrada, a pick-up da Mitsubishi oferece um ângulo de ataque de 30º, um ângulo ventral de 24º e um ângulo de saída de 22º.

O equipamento de série da versão ensaiada, Intense Strakar, é bastante completo, incluindo ar condicionado automático, câmara de estacionamento traseira, sensor de chuva, espelhos elétricos recolhíveis, entre outros. O habitáculo oferece bastante espaço à frente, sendo bastante limitado atrás, uma vez que o terceiro banco consiste numa solução de recurso, como já vem sendo hábito nestas versões de cabina longa. Os materiais utilizados são agradáveis à vista, embora os plásticos sejam duros. A correta posição de condução encontra-se com facilidade, graças à possibilidade de ajuste do banco do condutor em altura e profundidade, assim como à regulação do volante em altura e profundidade.

Em termos mecânicos, a L200 4WD Cab Club Intense Strakar conta com o motor diesel de 2,4 litros, que desenvolve uma potência máxima de 180 cv às 3500 rpm. Em conjunto com uma caixa manual de seis velocidades bem escolana é possível tirar o melhor partido de um binário máximo de 430 Nm às 2500 rpm.

A utilização em fora de estrada é assegurada pelo sistema Super Select 4WD II, com seletor eletrónico na consola central, que oferece modos de condução em cidade e autoestrada (2H-2WD), em condições atmosféricas adversas mesmo em piso seco (4H-4WD), em pisos com aderência reduzida, incluindo lama, neve ou areia (4HL). No que se refere ao consumo de combustível, a marca anuncia uma média combina de 6,9 l/100 km, embora em condições reais de utilização os valores apresentados pelo computador de bordo variassem entre os 9,4 e os 12,0 l/100 km. A unidade ensaiada tinha montados pneus mistos BF Goodrich LT245/75 R All Terrain, que visualmente transmitem uma imagem mais apelativa de veículo todo-o-terreno, mas, por outro lado, são mais penalizadores em termos de consumo de combustível. Quando o motor funciona em regimes mais elevados, a insonorização da cabina é um ponto a rever no futuro pela marca. A suspensão também se revelou algo seca e dura em estrada, não obstante o trabalho desenvolvido pela Mitsubishi na afinação da suspensão dianteira e no aumento com comprimento das molas semi-elípticas traeiras.

O diâmetro mínimo de viragem das rodas de 5,9 metros, graças a uma direção menos desmultiplicada e um peso máximo rebocável sem travão de 3000 quilos são outros dos argumentos desta L200 4WD Cab Club Intense Strakar, que está disponível no mercado nacional com um preço a partir de 28850 euros.

Partilhar