Mercedes apresenta versão definitiva do eCitaro

Texto: Carlos Moura
Data: 10 Julho, 2018

A Mercedes-Benz desenvolveu uma versão elétrica do seu autocarro urbano Citaro. As primeiras unidades vão ser entregues no final deste ano.

A Daimler Buses revelou a versão definitiva do seu autocarro elétrico Mercedes-Benz eCitaro, que vai ser apresentado ao público no Salão de Veículos Comerciais de Hannover, no próximo mês de setembro. A nova solução da marca alemã foi concebida para responder às necessidades de mobilidade de uma população em crescimento nos grandes centros urbanos, mas com baixas emissões.

A plataforma do novo Mercedes-Benz eCitaro é a do Citaro, o autocarro urbano mais vendido em todo o mundo, com mais de 50 mil unidades comercializadas. O novo modelo mantém as principais caraterísticas do modelo que lhe deu origem, mas recebe elementos de design específicos, inspirados no protótipo Mercedes-Benz Future Bus, apresentado em 2016. As principais alterações são facilmente identificadas na parte dianteira, designadamente as duas barras horizontais ao lado do logotipo da marca. Os elementos tridimensionais são feitos de um material transparente e apresentam um cromado na parte de trás. Isto proporciona efeitos diferentes em função da exposição à luz. O painel dianteiro possui um revestimento escuro e integra as luzes em LED.

A cadeia cinemática do novo eCitaro é baseada no eixo elétrico AVE 130 da ZF, com motores elétricos nos cubos das rodas. A potência de pico de cada um dos motores é de 125 kW e o binário de 485 Nm. A bateria de iões de lítio oferece uma capacidade de até 243 kWh e pode ser constituída por dez módulos, incluindo dois no teto, quatro na traseira, além de outros dois ou quatro no teto, dependendo da configuração pretendida pelo operador.

Com um total de dez módulos na bateria, o Mercedes-Benz eCitaro pesa cerca de 13,4 toneladas. Para um peso bruto de 19,5 toneladas, isto corresponde a uma capacidade de carga superior a seis toneladas, permitindo o transporte de até 88 passageiros em hora de ponta.

A tecnologia de carregamento também é flexível para responder às necessidades operacionais das empresas. A marca disponibiliza o sistema Combo-2, que permite carregar num ponto de carregamento, estando a entrada localizada por cima da cava da roda dianteira no lado direito. Em opção também estará disponível um sistema de carregamento de oportunidade, através de um pantógrafo. A autonomia do eCitaro é de 150 quilómetros, podendo chegar aos 250 quilómetros com carregamento de oportunidade.

As primeiras unidades vão começar a ser entregues pouco tempo depois da apresentação ao público em setembro. A empresa Rhein-Neckar-Verkehr será o primeiro operador a receber o Mercedes-Benz eCitaro. A marca já recebeu 20 encomendas da empresa Hamburger Hochbahn e outras 15 da Berliner Verkehrsbetriebe (BVG).

Partilhar