Daimler Trucks & Buses cria divisão global de eletromobilidade

Texto: Carlos Moura
Data: 7 Junho, 2018

A Daimler Trucks & Buses vai reunir as suas atividades na área da eletromobilidade de veículos comerciais numa nova divisão global denominada E-Mobility Group e anunciou dois camiões elétricos para o mercado norte-americano.

A Daimler Trucks & Buses anunciou a criação de uma nova organização global para a eletromobilidade de veículos elétricos, que receberá a designação de E-Mobility Group (EMG) e será liderada por Gesa Reimelt. O construtor também apresentou dois novos camiões elétricos da sua marca Freightliner no evento Capital Market & Technology Days realizado nos Estados Unidos.

Os novos modelos eCascadia e eM2 foram concebidos para a transporte de longo curso (mais de 15 toneladas de peso bruto) e distribuição pesada (9 às 12 toneladas), respetivamente. A Daimler Trucks North America pretende entregar 30 camiões elétricos a clientes nos Estados Unidos. Como já sucedeu com o Fuso e-Canter e o Mercedes-Benz eActros, o objetivo é ganhar experiência neste tipo de veículos ao trabalhar em conjunto com os operadores, procurando assim otimizar a eficiência dos camiões elétricos nas operações diárias.

Com os dois camiões elétricos da Freightliner, o Mercedes-Benz eActros, o Fuso eCanter, o autocarro urbano elétrico Mercedes-Benz Citaro e o autocarro escolar elétrico Thomas Built Saf-T Liner C2, a Daimler Trucks & Buses oferece uma gama alargada de veículos comerciais elétricos.

Com o objetivo de maximizar o impacto dos investimentos nesta tecnologia chave, a Daimler Trucks & Buses decidiu concentrar todas as atividades das suas marcas e divisões na E-Mobility Group, que irá definir a estratégia para os componentes elétricos, veículos elétricos completos e desenvolver uma arquitetura elétrica global similar à estratégia de plataformas globais da Daimler Trucks para motores convencionais e componentes da cadeia cinemática. A EMG irá ser criada globalmente com os funcionários que trabalham em várias localizações em todo o mundo, como Portland (Estados Unidos), Estugarda (Alemanha), Kawasaki (Japão). A nova divisão entra em atividade no dia 1 de julho e será liderada por Gesa Reimelt, que atualmente é responsável pela área de Product Projects Powertrain & eDrive de automóveis da Mercedes-Benz. Nesta função irá reportar a Frank Reintjes, responsável global de Powertrain and Manufacturing Engineering da Daimler Trucks.

O novo Freightliner eCascadia vem equipado com um sistema de propulsão elétrico que desenvolve uma potência de 730 cv e dispõe de um conjunto de baterias com uma capacidade de 550 kWh. A autonomia anunciada é de aproximadamente 400 quilómetros. Cerca de 80% da capacidade da bateria pode ser recarregada em aproximadamente 90 minutos, permitindo percorrer mais 320 quilómetros.

O Freightliner eM2 106 está vocacionado para operações de distribuição e entregas de última milha. As baterias desta versão têm uma capacidade de 325 kWh e o sistema de propulsão elétrico desenvolve uma potência de 480 cv. A autonomia é de aproximadamente 370 elétricas. As baterias podem ser recarregadas até 80% da capacidade em cerca de 60 minutos, garantindo uma autonomia para mais 300 quilómetros.

Partilhar